Levantamento técnico analisa estrutura do Instituto de Menores Dom Antônio Zattera


918  17 de fevereiro de 2020

Os egressos do curso de Engenharia Civil da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Artur Fehlberg e Jodriel Schivert, escolheram o Instituto de Menores Dom Antônio Zattera (IMDAZ) como objeto de análise do seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). O estudo sobre a análise do prédio apontou patologias e alternativas para a realização de melhorias.     

O trabalho teve enfoque na estrutura da edificação, identificando suas principais deficiências, as possíveis causas e como a restauração pode impedir que novas imperfeições apareçam. A tarefa, orientada pelos professores Marco Antonio Moreira e Ricardo Terra, foi realizada de acordo com as vertentes do método de pesquisa estudo de caso, em que é necessária a identificação do problema.

Segundo Jodriel, a escolha pelo tema foi feita após conversas com o colega de pesquisa e seus orientadores. “Não tínhamos ideia do que fazer no TCC, e nossos orientadores nos mostraram que poderíamos trabalhar com algo que necessita de reparos”, conta.

Para coletar o material de análise, a dupla realizou visitas guiadas a cada dois meses nos prédios 3 e 4 da Instituição. Como resultado final, os egressos detectaram que 91% das patologias do IMDAZ foram ocasionadas por situações como umidade vinda do solo, infiltrações, tubulações de água e esgoto, vazamentos, entre outras.     

Artur conta que o principal objetivo do trabalho foi o de alertar e conscientizar o público que utiliza os espaços do Instituto de Menores a respeito melhorias que precisam ser feitas no ambiente. “A partir deste estudo a gente pôde alertar funcionários e gestores do que precisa ser feito”, ressalta.

 

Redação: Kerolin Lulhier

 

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.

*
*